Arquivos do Blog

Como se tornar FAIXA PRETA em JAVA


 fonte: http://fernandofranzini.wordpress.com/2011/03/02/javablackbelt-se-torne-faixa-preta-em-java/

JavaBlackBelt é uma comunidade para desenvolvedores Java open-source de avaliação de competências. É o local criado especificamente para que os desenvolvedores Java tenham a sua capacidade e o seu conhecimento tecnológico realmente comprovados e reconhecidos.

Objetivo

Percebemos que os desenvolvedores Java têm habilidades de desenvolvimento não reconhecidas. Todos têm de aprender uma ampla quantidade de tecnologias e frameworks para poderem se tornar efetivamente produtivos, levando em média nove meses para que um desenvolvedor Java Júnior  tenha capacidades reais de escrever uma aplicação de negócio. Infelizmente, na maioria das vezes, não se possue uma  medida padronizada, estabelecida e reconhecida.
Com JavaBlackBelt, deseja-se proporcionar a cada um desenvolvedor Java, um caminho alternativo para medir, demonstrar e comprovar suas habilidades técnicas.

Certificações

A forma clássica de medir e demonstrar habilidades (além da experiência de entrega de projetos com sucesso) é através de certificações. A Sun/Oracle propõe certificações de alta qualidade que mede o quão bem você conhece e domina a especificação.

Leia o resto deste post

Anúncios

Windows pirata em painel da Infraero é original


fonte: http://info.abril.com.br/noticias/tecnologia-pessoal/windows-pirata-em-painel-da-infraero-e-original-22122010-27.shl

SÃO PAULO – Uma mensagem em um painel da Infraero, que foi divulgada no Twitter e exibe uma mensagem de software não genuíno no Aeroporto de Confins, em Minas Gerais, na verdade não se trata de produto não licenciado.

Memory Leak em Java


Fonte:http://fernandofranzini.wordpress.com/2010/12/08/java-memory-leak/

“Ao contrário do que muitas pessoas pensam, uma aplicação escrita em Java pode sim apresentar problemas de vazamento de memória, termo comumente conhecido por memory leak. Infelizmente, um grande número de programadores Java acha que memoryleak é coisa de C/C++ e que o garbage collector do Java resolve esse problema completamente. Neste artigo pretendo mostrar que o garbage collector, apesar de funcionar muito bem, não é capaz de fazer mágica.”
Veja o artigo na íntegra de Carlos Tosin: http://www.dicas-l.com.br/pdf/20100412.pdf